você já foi bonito demais hoje?

amiga que é amiga, dá bronca, beijo, abraço forte, ouve as mazelas até de madrugada e mesmo com um gap de 7 anos, dá colo, massageia o ego e ainda escreve post pro blog!

curvem-se a inteligência, sarcasmo, acidez de flora paul.

palmas pra ela!!!

minha amiga, guru, menina prodígio, jornalista sensacional, fotógrafa de mão e olhos cheios, adora indie rock, spice girls e tem tara por esmaltes! viva!

leiam o texto dessa canceriana que se espalha em são paulo por dia e flic, flic, flic!

você já foi bonito demais hoje?

fui muito diaba. muito. não apenas drama queen. diaba. com maldades e provocações de caso pensado, levadas a sério e com sorriso cínico. ainda tenho resquícios endiabrados em mim. eles aparecem em casos como em que frases como “eu sou bonito demais para você?” são proferidas e em outros dramas de fins de relacionamentos alheios – já que o meu não está em questão, nem em drama ou final, o que deve, de fato, ser o motivo para meu endiabramento estar adormecido.

sempre fui muito discreta, ainda que infernal. mandava a merda (só para ele ouvir) no mesmo tom de berro histérico em que falava que amava (às vezes, nem para ele ouvir). acontece. uma das razões para minha histeria, com certeza, é porque era inteligente demais para meus “eles”. e eu não sou incrivelmente inteligente, nem nada. só acabei cruzando com mais idiotas, retardados emocionais e pessoas mentalmente preguiçosas, digamos. mas eu não era tão inteligente assim, considerando que, bom, eu saía com eles. tanto faz.

a questão é, que pessoa, com mais de 13 anos, realmente pensa esse tipo de coisa quando está em uma relação? ok. pensar, todo mundo pensa. mas quem fala? quem leva a sério? quem se importa? que tipo de imbecil acha que o fato de ser bonito demais (oi?) é um problema? que tipo de pessoa realmente acredita ser bonita demais para alguma coisa? aliás, o que é ser bonito demais? gato, nem que você fosse.

e outra coisa, gente bonita é bonita e pronto. não precisa se credenciar de bonita. da mesma forma que eu nunca precisei falar que era inteligente. se eu sou, você conversa comigo e descobre. e se apavora, seja o que for. a questão é: não.

a questão é: será que você não é babaca demais para mim? porque babaca você é, sim. demais. inseguro, idem. autocentrado, ridiculamente, aham. retardado emocional, mentalmente preguiçoso, enfadonho e alvo de gozações, também. desliga o twitter e vai observar um espelho. ou: sai da sua bolha e comece a encarar pessoas. você vai perceber que não é tão bonito, não é tão em forma e, acima de tudo, não é interessante. beijos.

flora_paul_DSCN2075

_listenin’: lick the pavement _ garbage

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s