sabe aquela da rosa e do moleque loirinho?!

“…se não vai, não desvie a minha estrela… não desloque a linha reta…”

é quase auto-explicativo, mas vamos lá…

todos sabemos que sim, a partir do momento que entramos na vida de uma pessoa e permitimos que ela entre na nossa vida, estamos e somos responsáveis por tudo o que acontecer nessa relação. não importa se é uma relação de amizade, de amor… ou mesmo profissional…

tem que prestar atenção nos detalhes… tem dar atenção e carinho, tem que rolar mto respeito… sinceridade (não aquela sinceridade ácida, que fere e maltrata) e confiança.

a partir do momento que vc entra na vida da pessoa, vc tem que saber que jamais as vidas de vcs serão as mesmas… e que às vezes, uma atitude ou meia dúzia de palavras que vc julgue inocente, pode estilhaçar a outra pessoa…

somos responsáveis sim pelo sentimento que as pessoas têm pela gente. ok, sentimento é de cada um, mas se alguém gosta de mim, por exemplo, tenho responsabilidade sobre o que essa pessoa sente por mim… afinal, eu sou a razão da felicidade ou da miséria dela… saca?!

é mto fácil enrolar os outros… levar no bico… um amor em cada porto… delícia ter hordas de pessoas ao nosso dispor… mas pense no que vc realmenter representa para as pessoas que vc conquistou… e pense que vc poderia ou poderá estar no lugar delas um dia… e por favor, não desviem a estrela de ninguém se não for essa sua real intenção…

então, zenthy… tomem cuidado com o que vcs dizem pros outros… não queiram apenas sair jogando charme a torto e a direito por aí… ok, colocar em teste o seu poder de sedução é legal, é válido e deixa a auto-estima láááá em cima… mas parem pra pensar se não tem ninguém se deixando levar ou se machucando…

como diria minha amiga aretha, “r-e-s-p-e-c-t!”

“…mas se vai… vc pode ir na janela…”

pq… se vc está realmente disposto a mudar a sua vida e a de alguém pra melhor… pra algo gostoso, leve… delícia, sabe?! ah, pode sentar na janela and enjoy the journey…

ah, o lance da flor e do moleque loirinho… pra quem não conhece…

“cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. há os que levam muito, mas há os que não levam nada. essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso. ” saint-exupery

1242464671912799


_listenin’: você pode ir na janela _ gram

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s