Tag Archives: relationship

chorinho

sofri. feito uma condenada. sofri.
por anos. por vários. por bobagem.

chorei. chorei horrores.
por amor, de amor. por desilusão e solidão.

mas tbm fui maldita.
humilhei. amaldiçoei. praguejei.
mandei tomar no cu todas as vezes possíveis.

mas nada disso mudou o que eu passei.
nada disso diminuiu as merdas que sofri.

hj, mais velha e procurando ser mais sensata e comedida.
vejo que todo o sofrimento não valeu de nada.
nada. nadica.

que a vida segue, as pessoas passam e o que fica é o tempo desperdiçado.

por isso
não chore, menina.
isso que parece tudo, na verdade não é nada.
nadica.

até que um dia…
“vc é a minha melhor amiga, minha mulher, que eu amo pra sempre.”
aí sim, chore com gosto.
chore de felicidade.

cry-donx27t-fuck-fuck-you-Favim.com-621389_large

quarta-feira

aaah os jovens…
os moços e as moças ficam nessa de “ligo ou não ligo?” ou então “quando devo ligar pra sair com ela(e)?”
euzinha nunca fiz conta, sempre liguei e mandei mensagem qdo me deu vontade. já deu mto errado mas tbm já deu mto, mto certo.

mas se vc não é cara de pau como eu, tem uma conta mto fácil:
segunda é mto cedo.
terça fala um oi.
quarta convida.
quinta faz graça.
sexta sai.
sábado repete.
domingo dá o bote (na madrugada do sábado pra domingo)

tô brincando, não tem regra.

liguem e falem uns com os outros qdo der na telha.
acredito sim que amores ou noites incríveis foram perdidas por medinhos e receios.
vá, faça o que vc acha que deve fazer. ouça o seu coração, a sua intuição.
e se der errado, deu. chora 1 dia inteiro e depois levanta. sou prova viva de que isso não mata.

mas na dúvida, lembre-se do que um dia eu ouvi:
“se quiser sair comigo, se realmente tem interesse, me ligue até quarta. me chamou pra sair na sexta, fui a última (ou mais fácil) opção. tô fora.”
uuuuh que nervios!

quarta-feira.

old_telephone_danuzza

pra que essa insegurança, gata?

aí é aquele parto pra arrumar um namorado
e qdo arruma, enche o saco do cara, vasculha a vida, controla, liga 234762857 vezes por dia
e fuça todas as redes sociais
pra que essa insegurança, gata?
vc acha que ele não presta?
então caia fora
vc acha que ele te chifra?
acho que ele não seria burro de fazer isso abertamente
ah, vc tem a senha do email, facebook e twitter dele?
novas contas estão aí para serem feitas
sabe aquilo que a nossa mãe diz “quem quer faz”
serve pra tudo
pro bem ou pro mal
se o seu relacionamento te consome ou te estressa mais do que te dá prazer
repense
amar não é sofrer
se sou eu a viver num relacionamento insano desses
trairia só pela risada
então, se acalme e viva

Pegar na mão, só depois de muita foda

conversando com minhas amigas, lembrei desse texto do meu blog favorito de qdo eu era xóvem, o 02 neurônio.
já me identifiquei mto com o texto e sei que mtas (e mtos) vão se identificar.
direto do túnel do tempo…

“Por que é que hoje em dia é muito mais fácil transar com um cara do que ir ao cinema com ele? A resposta é simples. É porque pegar na mão, só depois de muita foda!!!

Veja se você não se reconhece nesta situação: vocês já ficaram várias vezes. Mas sempre naquele esquema meio descompromissado de encontrou, ficou, comeu. Se encontrar ótimo, se não, foda-se. E quando vocês se encontram, você ainda tem o trabalho de ficar jogando charme e tentando inventar um jeito de levar ele pra sua casa.

Até que um dia dá vontade de passear de mãos dadas com ele. O que fazer? Ligar pra ele e dizer isto? Vocês têm o telefone um do outro, já se falaram algumas vezes pra bater papo em meio a surtos de fofura extrema e mútua. Então, por que não ligar?

Mas como mulher-insegura-e-paranóica que é (eu sou !) você começa a imaginar ele tendo um ataque de riso da sua proposta romântica e perde a coragem. Para todo sempre. Se sente como se tivesse ligado e pagado um micão. Acaba que você não liga coisa nenhuma e vai ficar pra sempre sem saber qual teria sido a reação do pretendido.

Minha amiga, o problema todo é que a gente só consegue ligar pra dar boa noite e chamá-lo pra passear no Jardim Botânico quando já somos muito íntimas do pretê. E acabamos nessa situação ridícula de já ter dormido na casa dele inúmeras vezes, assim como ele na nossa, e ficarmos absurdamente nervosas na hora de ligar pra marcar um programinha a dois. Ficam passando coisas terríveis pela nossa cabeça. Tipo: e se ele der uma desculpa esfarrapada?

Você vai sofrer pra sempre e achar que ele não quer mais nada com você e que ele é um rato e que foi só sexo e nada mais.

E se o menino for meio traumatizado? Isto poderia dar um tom meio oficial pra relação e ele pode fugir com medo. E se ele não quiser?! (Pior possibilidade e mais assustadora!)

Mas se você for uma pessoa sensata e não estiver superego descontrol, vai chegar à conclusão que se te deu vontade de ligar, pode ser que ele também esteja pensando nisto e ainda não te ligou porque está pensando mais ou menos a mesma coisa que você. Mais ou menos a mesma coisa porque homens e mulheres pensam de jeitos diferentes em matéria de pretendência, como todos sabem. Mas esse “mais ou menos” pode ser um monte!

Então, amiga, autoconfiança e mãos à obra! Crie coragem – se você for meio medrosa -, prepare o texto (muito importante para não gaguejar!) e ligue pra ele propondo um cinema. Um recado na secretária se der, é melhor, pois assim você não pega o guapo desprevenido e dá tempo pra ele se acostumar com a idéia. O mais provável é que ele te ligue, fofo, e vocês até lidem muito bem com o fato de quererem estar juntos!

Se você estiver superego descontrol, esqueça isto. Isto só vale se você não estiver apaixonada e ele também não. Se você estiver apaixonada, a sua percepção do mundo a sua volta vai estar muito alterada e é melhor não confiar nesta vontade repentina de ir ao cinema de mãos dadas porque, afinal, você pensa nisso o dia inteiro.”

raspas e restos

Eu não acreditava quando me falavam, mas o amor é sim leve, gostoso, sem grandes dúvidas e inseguranças. O amor é e está ali porque é bom para os dois.

Contrariando o Cazuza, raspas e restos não me interessam e não deveriam interessar a ninguém.

Acho que já falei isso algumas vezes na vida, mas tive que falar hoje de novo porque muitas mulheres, assim como eu já fiz inúmeras vezes, se permitem viver uma vida de mentira ou se contentam com migalhas de sexo ou sentimento. E não, não adianta falar.

Muitas de nós temos que ir até o chão (não dançando funk, e sim, no fundo do poço) pra entender o quanto de tempo, dinheiro e hidratante a gente gastou/gasta com esses idiotas.

Olhe bem para ele… Ele é realmente tão bom assim?

Ele é o cara mais legal e admirável do (seu) mundo?

Ele é muito, muito, muito bom de cama?

Você acredita nele?

Tenho certeza que você ficou em dúvida ou disse não para alguma das perguntas. Sofrer por um imbecil que não te respeita, pra quê?

Aposto se alguma amiga, pai, mãe ou irmão falassem ou fizessem metade dos absurdos que esse boçal fez com você, você teria surtado!

Mas não, como é o fofinho-pseudo-Don Juan-de-várzea que você “acha” que ama, você aguenta firme os bolos, as mentiras e até as humilhações (ah sim, que humilhante chorar por um cara que foi estúpido com você pelo telefone) e finge acreditar que é só uma fase.

Esse ciclo recursivo de – felicidade, estupidez, sofrimento, reencontro, felicidade fugaz, esperança, abandono, ódio, sofrimento, reencontro – não vai acabar nunca se você, gata, não tomar as porras das rédeas da sua vida!

Não espere mudanças dele, mude você. A vida é muito mais do que um SMS dele na sexta a noite te chamando de última hora para um bar. A vida é muito mais do que uma trepada de consolação. A vida é muito mais que esbravejar pelos quatro cantos que ele não presta e depois ligar pra ele na hora da novela.

Ah, já disse que isso não é amor?

restos

paf!

nossa
me entreguei de cabeça
pra cada imbecil

calejada
cansada


aconteceu

paf!

antes disso tudo acontecer
eu acreditava em amor
mas eu não sabia
que poderia ser tão bom assim

podem não acreditar
podem achar que é precoce
foda-se
quero viver plena e intensamente
cada segundo disso

eu sei o que se passa
eu sei o que eu sinto
só nós dois sabemos
o que acontece com a gente
e no nosso mundo

e é leve
e é mágico
e é delicioso
falta até o ar

eu sei que é de verdade
ele sabe que é de verdade
nós sabemos que é de verdade
e nós queremos de verdade

como eu sempre quis
a paz que eu sempre quis
o companheirismo que eu sempre quis
a delicadeza, o carinho, o cuidado

e o suspiro
e o abraço
e o beijo
e a pele
e as mãos

testa que encosta na testa
coisas que não precisam ser ditas
tudo entendido num olhar
na respiração

eu ainda não entendo
como é tão fácil assim

amo

bullshitagem

“vc não eh mulher pra soh se divertir nem que vc queira!”
“vc não é mulher só pra pegação. vc é pra casar!”
essas e todas as frases com esse mesmo sentido
são o cumulo da bullshitagem…
nasci ontem, view…

pq?!
poha! quem acredita numa coisa dessas?!
acho que nem os caras que falam isso acreditam no que estão falando
se o cara te acha tão especial
a ponto de falar que vc é pra casar
pq caraleos ele não quer te beijar ou te comer?!

são várias as opções…
1. ele não te quer. fato, fato, fato. deal with it.
ou pq vc tá feia
ou pq vc tá gorda
ou pq ele não sente o mínimo de tesão por vc
ou pq vc não preenche os requisitos de sex godess dele

2. ele não sabe o que quer da vida.
ah vá! jura mesmo zza, que existem homens
que não sabem o que querem da vida?!
é gente! eles existem e não são poucos
inclusive tive o desprazer de conhecer mtos deles

3. ele tem medo de “perder a amizade”
e isso é mto, mto, mto delicado
mtas pessoas tem esse receio
mas falo com conhecimento de causa
estraga poha nenhuma!
é só os dois saberem que é sexo pelo sexo e ponto.

4. ele quer te manter debaixo da asa
sim… ele vai te xavecar eternamente
e levar vc no bico com esse papinho furado
até o dia que ele estiver sem nada pra fazer
ou carente ou descontente
e aí sim vai te chamar pra tomar umas e esticar

5. ele não sabe/consegue ser sincero com vc
aí é complicado…
ele gosta de vc, te acha “gente fina” (tem “elogio” pior que esse?!)
mas ele não consegue falar na real
que ele não tem a mínima vontade de ter algo a mais contigo
e aí, meu bain… ele fica nesse papinho furado…

ninguém aqui quer casar, saca
(pelo menos não agora)
então pq não deixar de ser babaca
e atender as necessidades e desejos das meninas?!

é braseeel… não é fácil!
o que fazer numa situação dessas
eu me pergunto e te pergunto…

run danuzza, run!

meninos que fazem isso… um recado pra vcs
vcs são rotulados de frouxos por nós mulheres
e de imbecis (e outras coisas impublicáveis) pelos machos decididos
#ficadica

_listenin’: i must not chase the boys [thunderpuss mix] – play